A música das crianças

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

músicaQuem pode dizer que não gosta de música? Quem não gosta pelo menos de um estilo musical, uma canção ou um grupo ou cantor?

A música abre-nos a mente e o coração a uma imensidão de sentimentos e emoções. Quando ouvimos música descobrimos em nós mesmos um instinto para reagir numa infinidade de formas, seja dançando, aplaudindo, movendo a cabeça, concentrando-nos na letra, num instrumento, etc.

Tudo isto que nós como adultos sentimos é apenas uma pequena parte do que a música pode gerar nos bebés e nas crianças.

Do ponto de vista académico, existem estudos nos âmbitos da educação, da psicologia e da própria música, que garantem que a educação musical a partir da infância, melhora entre muitas outras coisas a aprendizagem, a leitura, aprender idiomas, matemática, etc.

Do ponto de vista sentimental e artístico, as crianças descobrem e desenvolvem a sua capacidade de expressão, aumentam a sua criatividade e aproxima-os de um meio de comunicação universal.

É muito interessante descobrir que musica agrada mais a uma criança, através da observação das suas reacções e expressões conforme os diferentes ritmos musicais. Este gosto vai mudando à medida que crescem e que começam a entender tudo o que as envolve.

É um momento único partilhar a música com uma criança ou um bebé. Tire algum tempo para cantar para o seu filho, dançar um pouco e ver como reage.

Têm a possibilidade de dançar, de sentir o que estão a escutar ou podem expressar-se através da dança, arte praticada desde tempos imemoriais e meio para expressar os nossos estados emocionais, bons ou maus.

Estimular essa capacidade de sentir coisas, apenas transmitidas pela música, e que por sua vez nos despertam a nós uma infinidade de sensações, uma coisa quase necessária, na minha opinião, para que a criança possa conhecer o seu interior e exteriorizar as suas emoções de uma forma única desde tenra idade.

A todos quantos gostam da música, convido-os a partilhar o prazer da música com o seu filho, sobrinho, neto, etc, e que se envolva nesses momentos de diversão e aprendizagem tão bonitos e tão maravilhosos.

Deixe o seu comentário