Autismo

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

<strong>autismo</strong>Autismo é um transtorno infantil que costuma acontecer mais aos rapazes que a raparigas. A destreza pode variar e depende do respectivo coeficiente intelectual, sendo as causas desta síndrome ainda desconhecidas. Hoje vamos falar sobre alguns aspectos do autismo, como reconhecê-lo e tecer algumas considerações sobre o mesmo.

A criança autista sofre de algumas deficiências cognitivas e a sua relação com o meio envolvente depende dela própria: tem falta de contacto com o meio envolvente, não comunica com linguagem gestual e costuma fazer movimentos com o corpo, geralmente rítmicos. Foi encontrado nas crianças autistas um excesso de secreção de serotonina.

Podem apresentar uma conduta agressiva e na escola geralmente não falam muito. Na adolescência aproximadamente 1/3 dos autistas costuma ter ataques epilépticos. Demonstram ainda uma falta de sentimentos para com as outras pessoas.

As crianças autistas têm assim uma ausência de comunicação adequada, ausência de interacção social, pouca capacidade de imitação imaginativa, concentração em determinados interesses, entre outros. Existem escolas específicas para autistas e também podem ser tratados com psicoterapia, mas também existem tratamentos farmacológicos.

O autismo não tem cura e mesmo após terem decorrido 50 anos sobre o seu descobrimento, ainda não se conhecem as suas causas.

Deixe o seu comentário