Ofereça valores no Natal

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

fihosA educação dada aos filhos é chave do êxito para criar crianças felizes. Estamos na época natalícia e com ela vêm os excessos traduzidos em demasiadas prendas dados aos filhos. Hoje vamos dar algumas recomendações para evitar criar os seus filhos sem que eles valorizem o que têm.

 

Educar os filhos na solidariedade

A maioria dos pais gosta de oferecer boas prendas aos seus filhos no Natal e eles gostam das surpresas e dos brinquedos. Muitos pais e mães oferecem imensas coisas com o objectivo de fazer os filhos mais felizes, mas estão precisamente a fazer o contrário. Exactamente, pois se os filhos receberem tudo o que quiserem, estarão a ser criados para serem umas crianças mimadas. É importante educá-los em valores baseados na solidariedade. Para fazer um filho mais feliz não deve oferecer-lhe tudo o que ele quer, mas sim a valorizar as coisas que já possui.

A solidariedade é um valor que se pode definir como a tomada de consciência das necessidades dos demais e o desejo de contribuir e colaborar para a sua satisfação. Actualmente existem famílias que não têm meios para conseguir chegar ao final do mês e que não conseguem cobrir as suas necessidades básicas. A solidariedade deve ser ensinada e transmitida aos filhos sobretudo através do exemplo. Os pais devem exercitar a solidariedade. Para além disso já foi demonstrado que o excesso de brinquedos diminui a imaginação. É recomendável que as crianças sejam estimuladas com brinquedos didácticos que ajudem a ampliar os seus conhecimentos.

No entanto, claro que se pode oferecer alguma prenda nesta época do ano. Devem é ser prendas educativas e que ajudem os filhos a aprender. Não deve haver excessos de prendas e devem aprender a ser solidários e a partilhar com as outras crianças. Ensinar às crianças o respeito aos outros, a necessidade de partilhar, a existência de realidades diferentes, a importância de serem responsáveis para com o meio ambiente, é uma prenda em si mesma.

Deixe o seu comentário