A fobia da escola

fobia da escolaFobia da escola. A rejeição da escola pode parecer algo normal nas crianças que estão a entrar no ensino, mas é algo em que se deve tomar atenção no caso do comportamento de aversão à escola persistir, já que esta rejeição pode tornar-se numa fobia à escola e deve ser detectado antecipadamente para se poder reverter a situação.

A fobia à escola é a rejeição prolongada que uma criança expressa de cada vez que vai à escola, expressando em geral algum tipo de medo, que pode ser relativo ao fracasso escolar, mau relacionamento com os colegas de escola, entre outros. É ainda de referir que o facto de uma criança chorar para não ter de ir à escola, não representa necessariamente uma fobia.

Alguns sintomas das fobias podem ser fisiológicos (transpiração das mãos e corpo, tensão muscular, vómitos, diarreia, alterações do sono, entre outros); cognitivos: medo de ir para a escola sem motivo. Este medo desaparece quando entra na escola e volta a aparecer no dia seguintes antes de ir novamente para a escola. Também podem ser sintomas de comportamento, condutas negativas (fazer um escândalo, etc.).

Se estes sintomas se repetem por pelo menos seis meses, deve ser consultado um especialista porque muito provavelmente a criança terá fobia à escola. Nalguns casos pode ser feita terapia, para tratar e fobia e para evitar problemas nos estudos, uma vez que sejam descartados os problemas fisiológicos, o psicólogo irá diagnosticar e tratar a fobia da escola.

Deixe o seu comentário