Como ajudar o seu filho a superar o medo?

medoComo ajudar o seu filho a superar o medo? Normalmente as crianças, tal como todas as pessoas, têm os seus medos. Entre os 3 e os 6 anos aparecem os primeiros, pois nestas idades as crianças confundem o mundo real com o imaginário e ainda não entendem o mundo que os rodeia.

Quando perceber que o seu filho tem manifestações de medo, deve em primeiro lugar mostrar tranquilidade e segurança, falando sempre com carinho para ele.

Os medos mudam com a idade, aparecendo e desaparecendo, podendo alguns ser prejudiciais para o desenvolvimento do seu filho, mas existem outros que não o são, como por exemplo o medo que o pode alertar para um acidente ou uma situação desagradável, como o fogo, o medo de cruzar a rua ou o medo em relação a estranhos.

Os medos mais comuns são: medo do escuro, de pessoas desconhecidas, medo de tempestades, de animais ou de serem abandonados. Nestas situações, se o medo não está associado a uma situação desagradável pode ajudar o seu filho (com naturalidade) a superar o medo, mostrando-lhe que não existe perigo.

Em primeiro lugar deixe que o seu filho expresse os seus medos, o que sente e em que situações, e depois deve ajudá-lo a enfrentá-los. Por exemplo, se tiver medo de um cão, aproxime-se dele e acaricie-o para mostrar que não há perigo, ou se tiver medo do escuro entre com ele numa divisão escura.

Os medos são muito comuns nas crianças e não é preciso preocupar-se demasiado, no entanto, se o seu filho mostrar um medo persistente que afecte as suas actividades normais, deve consultar um psicólogo para o ajudar.

Deixe o seu comentário